Saturday, July 19, 2008

Saindo de viagem. Going out of town.

Estarei viajando amanhã, domingo para Cathedral City, vizinha de Palm Springs à trabalho. Deverei estar por uma semana no mínimo, talvez 10 dias. Por esta razão o boteco estará funcionando mais vagarosamente.

I'll be leaving tomorrow, Sunday to Cathedral City, next to Palm Springs for about 10 days. Got a job over there and won't be able to post too often.

Lido no Globonline de hoje.

Primos ricos

Na Colômbia, Lula volta a criticar políticas migratórias dos países europeus

Publicada em 19/07/2008 às 14h40m

Eliane Oliveira - Enviada especial do GloboO Globo Online

BOGOTÁ - Como tem feito em todas suas viagens internacionais, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a condenar neste sábado, na Colômbia, as novas políticas migratórias da União Européia, com restrições ao movimento dos imigrantes. Lula disse que os países europeus estão agindo hoje como uma família que, depois de melhorar de vida, não quer mais receber seus parentes mais pobres.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursa após reunião com o presidente colombiano, Álvaro Uribe, em Bogotá, na Colômbia - Reuters

- Nós os recebemos com a alma e eles fazem parte do nosso povo. Queremos que o tratamento que eles dão aos latinos seja o mesmo que eles receberam aqui. No passado, eles eram tão pobres como alguns países da América do Sul - disse o presidente.

Lula falou sobre o assunto em discurso durante encontro com empresários brasileiros e colombianos, ao lado do presidente da Colômbia, Álvaro Uribe. Os dois presidentes discutiram a alta dos preços dos alimentos e alta do petróleo. Ao falar sobre a alta da inflação no mundo, Lula disse que a palavra mágica é paciência.

Ele e Uribe devem negociar ainda neste sábado um acordo de cooperação de defesa para melhorar a segurança na fronteira amazônica, combater o tráfico de armas e compartilhar tecnologia militar.

Lula já havia criticado nesta semana a política migratória da Europa. Na última segunda-feira, ele disse em seu programa semanal de rádio "Café com o presidente" que aproveitou a cúpula do G8 - grupo dos sete países mais industrializados do mundo e a Rússia, ocorrido no Japão na última semana - para pedir aos líderes dos países participantes que dêem aos brasileiros o mesmo tratamento que seus cidadãos recebem aqui.

Menos de um mês antes, ele já havia classificado como preconceito e xenofobia a aprovação, na semana anterior, de novas regras que endurecem o tratamento dado a estrangeiros na Europa. A nova lei da União Européia foi recebida com protestos por diversos líderes.


Coffee and newspaper.



(click on the picture to read the article)

Nowadays it has been more and more rare for me to read news from a printed media, as newspapers have been called on this Internet times.
As most people, I get the news on the Internet, and TV. Nevertheless, what I like the most is listen to the radio talk shows. Listening to the right, and to the left, and trying to put together my own opinions.
Actually the only time I still read newspapers, is when I go Saturdays morning at Peet's for my usual super dark cup of coffee. This is the one thing that is definitely better than sitting on front of a computer. Anyway the article above from The Press Democrat really caught my attention this morning. I found it very interesting.

Tuesday, July 15, 2008

A garota Bia chegando lá.


No sábado, Bia Figueiredo venceu a 10ª etapa do campeonato da Indy Lights (categoria de acesso à Indy) e entrou para a história. Foi a primeira mulher a vencer na categoria e a segunda brasileira a vencer uma corrida de automóveis no exterior. (A primeira foi Suzane Carvalho, campeã sul-americana da classe "B" da F3 em 1992 e vencedora de corridas da Copa de Damas organizada pela Nissan na Argentina, em 1995.)

Não é apenas uma vitória inédita: trata-se de um resultado importantíssimo para uma carreira que, como tantas outras, quase acabou por falta de patrocínio. Depois de vencer corridas no kart e na Fórmula Renault, e de subir várias vezes ao pódio na F3 sul-americana, Bia ficou parada em 2007 - ano em que, pelos seus planos iniciais, disputaria a F3 inglesa ou européia.

A vitória em Nashville torna plausível sonhar com uma ascensão de Bia à Indy em 2009 ou 2010. Ela disputa a Indy Lights pela equipe de Sam Schmidt, um ex-piloto da IRL que ficou paralítico após sofrer um acidente no final da década de 1990. Nos EUA, Bia corre com o nome Ana Beatriz, de mais fácil assimilação e pronúncia pelos nativos.

Por último, não estranhem as guitarras no pódio. Em Nashville, é uma tradição dar guitarras aos três primeiros colocados. Tony Kanaan tem uma pela vitória nesta pista na prova da IRL em 2004.

texto discretamente surrupiado do blog do Pandini http://pandinigp.blogspot.com/

Nashville, no estado do Tennessee, é a cidade americana conhecida por ter um grande número de gravadoras. Elvis presley e tantos outros só começaram realmente a acontecer depois de se apresentarem lá.

Saturday, July 12, 2008

Wednesday, July 9, 2008

O dia em que o Brasil foi invadido. (The day Brazil was invaded)


Hilarious video sent by my body Eduardo Pardal.
Despite the Brazilian-Portuguese-Street language audio, I'm sure you guys will catch the message.

Monday, July 7, 2008

Sunday, July 6, 2008

Sunday morning at the beach.





















Going to a crowded beach on a Sunday morning, with these babes. What else could a man desire?


Thursday, July 3, 2008

O presidente com olhinhos puxados.














Mais uma do Zé Stiva da Ana Amália.


Como há os que gostam, há também os que não gostam do Lula lá.

Wednesday, July 2, 2008

Piquet vs. Senna


Fazendo um looping com um Boeing 747.

Hoje é dia de São Gilles e São René...


Têrça-feira 1 de julho de 2008.
Pois é... um dos melhores momentos da história da Formula 1 faz hoje 29 anos. Acho que toda a gente sabe ou já viu este video, desta fabulosa luta, onde certo dia Jeremy Clarkson, o mítico apresentador do Top Gear, descreveu Gilles Villeneuve como "o maior piloto que jamais sentou o rabo num Formula 1".

A piada no meio disto tudo é que Villeneuve e Arnoux lutavam por um segundo lugar, ironicamente descrito, anos mais tarde por Ayrton Senna como o "primeiro dos últimos". Mas Villeneuve era assim: lutava por qualquer lugar como se fosse pelo primeiro. E se calhar deve ser or isso que hoje em dia ainda continua a ser idolatrado, 26 anos depois de morto...

Texto extraído do blog Continental Circus.